Taryn Szpilman escreveu em seu Twitter do porquê não ter ido ao Oscar 2020. A ausência da dubladora representando o Brasil foi comentado pelos fãs.

“Quando me consultaram para viajar para Los Angeles e representar o Brasil, foi uma experiência similar a que tive quando passei no teste para atuar e cantar a personagem da minha vida. Tudo parou e tive que respirar muito para acreditar! Uma emoção indescritível como podem imaginar. Um sonho mágico se realizando que mudaria a minha vida! Mas compreendo que com a morte da atriz dubladora mexicana da Elsa, no começo deste ano, que a representante da América Latina seja, de forma muito justa e simbólica, a cantora mexicana que dublou as canções da Elsa. E acho que desta forma, se realizou um gesto muito bonito para homenageá-la. Por isso, eu recebo esta realidade, com o coração apertado. (claro, sou humana…), mas aprecio a escolha e vou me emocionar muito vendo as minhas colegas hoje na cerimônia. Todas nós merecíamos estar lá e, sim, poucas foram as privilegiadas, pois não seria possível levar todas, e me solidarizo com a Elsa italiana, francesa, coreana, sueca, grega, indiana, húngara, chinesa, todas as Elsas africanas, do Oriente Médio e do resto do mundo que não vão ter esta experiência transcendental na vida de um artista como eu. Mas seguirei sonhando e realizando o meu sonho como esta menina da foto, que desde essa idade sonhava em atuar e cantar, e sonhava em ser uma princesa… E que realizou de fato todos estes sonhos, amém!”, escreveu.

“Que as Elsas escolhidas desfrutem esta benção hoje de forma brilhante e que #minhaintuicao #intotheunknown leve a estatueta pelo nosso amado filme! Esqueci de dizer que a melhor coisa de viver a Elsa é o fato de estar tocando tantos corações e receber as mensagens mais lindas da minha vida, que estão aqui nos meus álbuns dos stories, para que eu nunca mais me esqueça da grande epifania da minha vida. Sou grata”, finalizou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui